sábado, 14 de fevereiro de 2009

Ah o amor...

Hoje, dia 14 de fevereiro, irei falar muito mal do amor. 
Sim, muito mal, já que no Brasil será uma data qualquer. 
Porque comemoramos o dia dos namorados no dia 12 de junho, São Valentim não é um santo nosso, iremos trair o Santo Antônio fazendo loucuras de amor e estamos cheios de Santos neste país pintado de verde amarelo... 
Isso, chega de Santos e gastar dinheiro!
Na verdade estou cheia dessa história de Cúpido. 
Tudo que começa com C e tem ú, não cheira bem. 
O que foi gente?
Sou uma mulher prestes a completar 30 anos e já tenho opinião formada, oras!
Quem nunca foi trocada por uma partida de futebol?
Traída?
Levou um cano em uma balada e teve que curar a mágoa com outro na pista de dança?
Escutou pérolas masculinas sobre nós mulheres?
E aqueles que você saia e no final, quem pagava toda a conta era você? 
Mão de vaca!!! 
Não importo de pagar a conta, mas em começo de relacionamento não dá. No máximo, cada um paga a sua parte e boa noite.
Um dia no pasado, quando eu era solteira - por que depois que casei todos os homens viraram inimigos do meu marido, até os pobres gays, um amigo falou "quero uma santa ao meu lado e várias gostosas no meu dia". 
O que é isso?!
A pouco tempo, outro conhecido preste a casar, queria a carne das amiguinhas da noiva, secando como o lobo mal seca as ovelhas de uma fazenda.  
Como pode gente?!
Tenho amigas, casadas, com seus trinta poucos anos e bons anos de relacionamento, que foram trocadas, assim sem menos, por várias ninfetas de dezoito anos.
Pior, depois que eles usavam e abusavam da vida fácil e regada de prazeres carnais, queriam voltar a carne da sua querida esposa.
Claro que a resposta foi não. Já que não somos consulado amoroso para sermos abandonas, sem aviso prévio e depois voltarem com cara de cachorro sem dono para o doce velho lar. 
Eu já sofri muito nessa vida em questão paixão e amor, procurei algo especial em homens que não mereciam um centavo nessa vida. 
Acabei deixando para lá... isso, deixando para lá. Apesar da vontade de pegar um laxante e colocar na comida deles em algum encontro com próxima vitíma feminina...
Ah, não seria legal?
Iria acabar com a alegria daqueles cretinos rapidinho. Mas não vale a pena perder tempo com isso. Valorização femina now! 
Isso, somos mulheres de valor e não podemos perder um minuto sequer da nossa vida com essas coisas. Ai, como eu chorei por causa desses cafas, até que um dia eu decidi mudar as regras, virar o jogo e tornar uma garota má!
Ai a vida pegou pesado comigo, colocou no meu caminho o meu sapo encantado e quem caiu mais uma vez na pegadinha do Cúpido fui eu.  Mas eu não estou aqui escrevendo para contar a minha história amorosa que deu certo, até por que gostaria de contar o meu conto de fadas em uma data especial.
Estou aqui para deixar a receita da Tarte Tatin, que um dia a Stephanie Tatin, com suspiros apaixonado por um caçador, acabou errando na receita e criando essa famosa torta de maçã invertida. 
 

Tarte Tatin


Ingredientes

Massa
2 xícaras de chá (220 gramas) de farinha de trigo
120g de manteiga sem sal
1 colher de sopa (20 gramas) de açúcar
1 pitada de sal
2 colheres de sopa (30 ml) de água gelada

Recheio
2 colheres de chá (48 gramas) de manteiga
1 e 1/2 xícara de chá de açúcar
8 maçãs verdes ou tipo fuji, descascadas e cortadas em fatias grossas

Modo de fazer

Massa
Peneire a farinha, junte a manteiga, o açúcar, o sal e a água, amasse até formar uma massa. Embale em plástico e reserve na geladeira por 2 horas.

Recheio
Na fôrma, derreta derreta o açúcar e mexa delicadamente até obter uma calda em tom de caramelo claro, adicione a manteiga e misture. Sobre este caramelo, ainda dentro da fôrma, acomode as maçãs, bem juntas das outras. Reserve.
Com a massa reservada, abra um círculo com 1 cm a mais o diâmetro da fôrma utilizada, e cubra com eles as maçãs, empurrando as laterais para dentro.
Asse no forno pré aquecido até dourar.

Dicas:
A maçã verde e a fuji, contém menos água na sua matéria corporal, não soltando muito líquido e desmanchando o caramelo na hora do preparo. Caso queira usar outras frutas, procurem frutas com o menor teor de líquido.  
Quando estiver descascando as maçãs, colocar já cortadinhas em um pote com água e limão, assim, elas não enferrujar e nem ficam pretas.

20 comentários:

Josi 14 de fevereiro de 2009 10:10  

Nana só gosto de maçã crua e pequena tipo da mônica...rsrsrs
Mas dou umas arriscadas com preparações com maçã pq o povo aqui em casa gosta e praticamente todo mundo tbm. Gostei da receita, vou tentar fazer.
Sobre o seu texto do amor, me pareceu meio revoltado, chateado....eu ando meio assim tbm. Qd a gente tem algo que acaba assim sem mais nem menos é um saco. Eu ja acreditei e desacreditei do amor. No momento to em cima do muro, pra ver se consigo enxergar o amor, dar uma esnobada nele e quem sabe e olha pra mim né?!..rsrs
Bjo

dona perfeitinha 14 de fevereiro de 2009 10:56  

Oi Nana!
A indústria do comércio criou o dia dos namorados... lá ou aqui, o melhor é aproveitar o amor e deixar a imposição de presentes esquecida. Gosto de ganhar presentes do maridão, mas prefiro que seja um motivo de sairmos juntos pra procurar... Foi meu primeiro namorado e só sofri com coisas do tipo "família interferindo"... apesar de ter sido uma barra, mais nada nos atrapaalhou, felizmente. Dia especial então, teremos sua história de amor contada por aqui? Aguardo, ansiosa! Quem sabe a gente não combina de cada uma das 7 contarem sobre um caso de amor? Talvez no nosso real dia dos namorados... que por sinal, é um dia depois do aniversário da minha filha.
Ah! Já tentei fazer a torta de maça, mas não ficou boa. Percebi que sua receita é muito superior, principalmente pelo truque da maçã não pretiar... qualquer dia tento fazer...
Beijos,
Talita.

Re Barillari 14 de fevereiro de 2009 13:40  

Oi Ana
Amei seu blog, suas dicas e seus pitacos
bjos

PERFUME 14 de fevereiro de 2009 14:10  

Oi Nana, adorei a dica da receita...e quanto a história de amor tenho também, uma linda prá contar!!!
Bjs

Samantha 14 de fevereiro de 2009 15:41  

Oi Nana,
Eu também não gosto de celebrar essas datas "comerciais". Acho que o amor é pra ser celebrado todos os dias e não na data que alguém escolheu só pra vender rosas e chocolates mais caros.
Vou experimentar a receita da torta pra saborear com o meu amor!
beijo

Patricia 14 de fevereiro de 2009 18:02  

essa torta ta com uma cara linda demais!

eu me esqueci que hoje era o valentine's day. eu acho que é tào comercial isso tudo.

:)

Fernanda 14 de fevereiro de 2009 20:21  

vc é o maximo... adorei o texto, tbm to nessas de nao acreditar mais em cupido (deve ser a idade!rs) bjo!

Isabela Kastrup 14 de fevereiro de 2009 21:03  

Oi, nossa que texto, me identifiquei muito e adorei a didéia do laxante, rs.
Beijos e um ótimo fim de semana!

Menina Nina 15 de fevereiro de 2009 08:32  

hahahaha

sabe que eu até dei sorte nesse quesito até hoje? Gosto nem de falar muito para não dar tudo errdo depois!!

Marisa Pimenta 15 de fevereiro de 2009 08:34  

Ana vc não passou lá no vivendo p pegar seu selo. Apareça. Bjks

Nana 15 de fevereiro de 2009 09:12  

Olá meninas, é um pouco de revolta sim rs mas nada aconteceu na minha vida.
Tudo que eu escrevo tiro um pitaco dali e daqui que me falam, assim, criando os meus textos.
Eu odeio datas comerciais, gosto quando o meu marido apronta surpresas sem comemorações.
Mas tudo que eu escrevi, acontece! Pq alguém que passou na minha vida, já reclamou disso rs.

Bjs e obrigadaaa

~♥~ Fuxicos e Retalhos ~♥~ 15 de fevereiro de 2009 10:20  

Ana, gostei de ti
:)
adorei seus textos dicas
e blog.. vou ser seguidora
e sempre xeretar... posso?

sucesso bjs

Arle 15 de fevereiro de 2009 12:02  

Oi! Amei a receita...
já tomei cada uma com homem, até que um dia percebi que o problema era eu aceitar certas coisas, assim saí fora...hj, ainda bem, sou feliz com o meu marido...festas comerciais é para movimentar o comercio, o mundo, afinal queiramos ou não,o mundo é capitalista e deve funcionar assim, mas procuro ver o lado bom das coisas...
Passando pra desejar excelente semana!bj

Raquel ( TUDO DE BOM),  15 de fevereiro de 2009 12:09  

Oi, adorei as receitinhas... vou passar mais por aquí!
Aliás, o bog todo é muito bom. Parábens!!!

PERFUME 15 de fevereiro de 2009 13:25  

Oi Meninas...não esqueçam de dar uma passadinha pelo blog para participar do sorteio!
Bjs

Eva 15 de fevereiro de 2009 16:52  

"Porque [...] São Valentim não é um santo nosso, iremos trair o Santo Antônio fazendo loucuras de amor"

Nana, só você mesma para pensar na traição a Sto. Antonio!

Gostei da receitinha. Tnaks!

POPI by Paula 15 de fevereiro de 2009 17:46  

Oi querida!
saudades de vc.
Amei essa do CUpido...vc é de mais!!!
e a receita...agora vou ter de fazer, deu agua na boca!!!
bjus
Paula

Fabi.Catarse!! 15 de fevereiro de 2009 18:14  

Apóio, Nana, apóio!! As idéias sobre o 14 de fevereiro e a receita... que parece deliciosa!!! hehehe

Nana 16 de fevereiro de 2009 05:53  

Obrigada queridas, hoje eu volto ao trabalho e ainda não sei quando voltarei a postar, essa semana a data está incerta rs.
Bjss

Web Histórico 14 de junho de 2009 00:29  

Oi, Querida! Adorei o texto!!! Parece um eco ao que estou vivendo... Brigada pelo texto, que agora chega para mim como um ombro amigo.

A receita... não li ainda.. rs

Comecei meu Blo há pouco, depois dê uma espiada lá:
http://webhistorico.blogspot.com/

Beijos!

MySpace Backgrounds

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP