quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

5,10,15,20,25...


Eu falo pra Nana que eu tenho essa crise dos 30 precocemente, aos 26. Com todas as incertezas, dores e delícias que ela te oferece sem pedir a tua opinião.

Lembro que a última entrevista que fiz, para um emprego adulto e decente, passei por 3485 etapas e uma dessas consistia na velha entrevista feita por uma psicóloga loira, jovem e bem vestida. Eu já temia pela velha pergunta que elas sempre fazem: “Como será sua vida daqui a 5 anos?”

Como eu já havia ensaiado, dei a resposta pronta, com dicas pesquisadas na internet, feito todo mundo faz (Faz né?). Sai do consultório com meu terninho e meu sapato de bico fino e salto agulha 15 cm, convencida que a resposta em relação ao meu futuro foi verdadeira, ambiciosa mas nem tanto, centrada, inteligente e que teria atendido ao perfil desejado.

Depois que eu cheguei à última etapa da seleção, me achando a tampa de Crush, a maior das maiores e com o pensamento Até que enfim ganharei um salário digno, a mesma miserenta liga pra me avisar que não foi desta vez.

Tudo bem né? Não!

Entendam queridas leitoras... Quando eu tinha 5 anos eu já sabia que quando os 10 anos batessem na porta, eu já poderia ir à padaria sozinha, iria saber falar todas as palavras corretamente, meu peitinho viraria uma pitomba e a minha Barbie iria começar a perder a graça. Quando tinha 10 anos eu sabia que com 15, possivelmente, já usaria absorvente, iria para festinhas, beijaria na boca e estaria entrando no ensino médio. Quando cheguei aos 15 eu tinha certeza que aos 20 anos eu já teria passado no vestibular, teria um namorado fixo, teria tido o meu primeiro coma alcoólico e começaria a me preocupar com todas as celulites da minha bunda.

Então chego aos 25 anos, vou a uma entrevista com uma resposta ensaiada e perco o salário dos meus sonhos... (Tudo bem, era só dinheiro mesmo, e esse papel não te traz felicidade).

E vocês já sabem o porquê, não sabem pessoas?! Digam que sabem, plis!

Eu era mais consciente com 5 do que com 20 anos a mais, eu previa o futuro e era batata! Já com 25 anos nem adianta tentar filosofar, pelo menos no meu caso. Por que nessa idade a vida te fala assim: Nêga, o futuro já virou presente, é agora e ponto. Vive ai as tuas crises, pensa no que tu vai fazer e depois se vira nos 30!

Eu sou braba meninas, daquelas que não leva desaforo pra casa e se a Vida tiver ouvidos, ela já ta cansada de escutar: Pois deixa comigo querida, eu posso até não saber o que farei, mas te garanto que farei bonito!

E essa será a resposta para a próxima psicóloga curiosa.





Obs: A foto faz parte do maravilhoso catálogo da La cerise sur le gateau.

25 comentários:

ana sinhana 12 de fevereiro de 2009 22:59  

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Tô que dou risada aqui...
Já passei dos trinta faz teeempo, mas me dei conta de que as coisas tinham mudado muito quando meu caçula nasceu... fui levar o carro pra lavar e, na hora de pagar, o cara falou assim: "dona, é déiz real mais caro, vc tem um furgão!" (eu tinha um Kangoo). Entrei no carro chorando, porque parecia que tinha pulado dos 20 pros trinta... bem assim, acordei um belo dia casada, com 3 filhos famintos e um furgão!!!
Mas eles são lindos...
hehehehehe
Bj e boa-noite, querida!!!

Fernanda Floret 12 de fevereiro de 2009 23:07  

A sua nova resposta para sua vida daqui há 5 anos está perfeita. Gente, chega de respostas prontas! Tudo vai dar certo pra vc. Acho que ela não lê seu blog, não é gente boa... estarei torcendo pra próxima entrevista chegar logo e vc vir comemorar aqui no blog com a gente!!
beijo!

Samantha 12 de fevereiro de 2009 23:57  

Ana, você é cômica.... hahahahaha
Deixa o futuro pra lá, viva um dia de cada vez e seja feliz!
Eu já cheguei nos 30 e me sinto melhor agora do que aos 25, você vai ver como é bom!
Ah! O teu blog tá super! Parabéns!
beijos

Angela Pipina,  12 de fevereiro de 2009 23:59  

Ana Mana, é impressionante como tu consegue expressar exatamente o que se pessa em minha mente! Genética??? Acho que não, prefiro ver como afinidade mesmo!!!
Engraçado que eu fui lendo o post e lembrando de vc a cada idade comentada! Mudasse um bocado! Mas uma coisa eu tenho certeza!
Vc tem muito passado, mas também um futurão pela frente!!! E assim é tão bom continuar esperando mais cinco né??

=** e muita saudade!

E que Maio chegue logo pra gente se ver, conversar, sorrir, arengar, se abusar uma da outra,e assim perceber que somos a melhor dupla de irmãs cri-cri!!! ;D

Marina 13 de fevereiro de 2009 09:07  

Aninha querida, pode ter CERTEZA! Vc não é a única com 26 já na crise dos 30!
No dia do meu aniversário tive um pequena crise de choro, não pelos 26, mas simplesmente por não ter consciência deles!
A dúvida quanto a "como estarei nos 30" também tem morada na minha cabeça!
Como minha sobrinha diz quando eu fico triste "se vc quiser a gente pode dar a mão"! rsss

Beijoca

zpa 13 de fevereiro de 2009 09:22  

Nossa,e é isso mesmo!
eu também!
eu me imaginava com 30 anos, só com salto,roupa de grife (hehehehe),acessórios carérrimos!
hoje estou,de moleton,tênis,cabelo de menino(curto,porque pra mim [é mais prático)
tenho 36 anos,e sou professora de natação,e adoro!!!!!!!
beijos renata.

Nana 13 de fevereiro de 2009 09:28  

hahahahaa
Ana, a minha crise começou por ai viu.
Até os 25 anos eu trabalhava na empresa dos meus sonhos, primeiro emprego e seis anos de firma.
A empresa faliu e aconteceu enes coisas.
Um dia, com calma a gente senta e conversa.
Agora eu não entendo o que psicologa tem que fazer uma entrevista?!
Acho que a maioria das vezes é "fui com a sua cara ou não".
bjss querida

Fabianne 13 de fevereiro de 2009 09:37  

Eu tive uma baita depre qdo fiz 30, pois o q idealizei nao aconteceu. Fiquei afastada do trabalho, tomei vaaaaaarios tarjas pretas, fiz terapias. Até q me 'curei' qdo percebi q tinha era q viver 1 dia de cada vez. Q o futuro a Deus pertence e q se faz com um passo de cada vez

Keka 13 de fevereiro de 2009 09:38  

Que post bacana, menina...
estou numa fase de crise tb!aos 27!
eu jamais poderia dizer como me imagino daqui 5 anos...
a vida sempre me pegou de surpresa!
fui mãe aos 19! era o q imaginava? lógico que não! por isso, amei a sua resposta p/ a próxima psicóloga!
seria a minha resposta tb!
vc está certa! certíssima!
beijos, querida!

Lu 13 de fevereiro de 2009 09:38  

Adorei a sua resposta final! Eu to nos 22 me formando na graduação e não tenho idéia do que estarei fazendo daqui há 5 anos! Agora vou responder que farei bonito e ponto!
Parabéns pela filosofia, gostei!

luciane 13 de fevereiro de 2009 11:18  

Com certeza vai fazer bonito Ana, não se preocupe tanto e apenas faça a sua parte que o resto vem sozinho.
Eu que já estou beirando os 40, com todos os sonhos de infância realizados e me achando linda maravilhosa (aos 40 vc já aprendeu que DEVE se auto-elogiar) te digo: entre 25 e 30 é a parte mais xarope da vida... se vc quer uma vida razoavelmente certinha e segura é o momento de definir o que será dos 30 em diante.
Ainda somos muito inseguras e queremos agradar a todos. É meio desesperador...
KKKKKKKKK mas passa,como tudo na vida passa e depois vira motivo de piada.
Com muito esforço e um tiquinho de sorte tudo dá certo no final.
Boa Sorte
Beijos

dona perfeitinha 13 de fevereiro de 2009 11:33  

Aninha!
Quem não passa por isso? Ai, ai... desde pequena achava que ia ter uma *** profissão. Com aquele *** salário! Mas a vida me trouxe surpresas que uma hora me perguntei: "por que lamento pelo emprego e salário que não tenho?". O futuro chegou, diferente, mas tá aqui tão lindo também... ganhando menos, mas melhor! Hoje já não quero mais trabalhar fora... acho que não seria tão feliz... Se esse blog fosse teu trabalho, seu salário seria o teto do salário mais alto do mundo. Adoro quando você se entrega às palavras assim, gostoso demais de ler.
Beijo grande,
Talita.

Fabi.Catarse!! 13 de fevereiro de 2009 11:42  

Uau! Praticamente uma sessão de psicanálise, heim, Ana! De vez em quando perco horas do meu precioso tempinho pmatutando sobre o futuro, o presente e blá-blá-blá... quem não faz isso, né?! A conclusão geralmente é a mesma: faça bem no presente, viva bem no presente que no futuro as coisas vão se ajeitando. Tenho uma paranóia com planos.... mas estou me esforçando muito pra aliviar esse lado meticuloso... só porque a vida não é nada meticulosa, né?! Estou me esforçando pra ser uma pessoa mais flexível e equilibrada. Dois anos de yoga tem feito muita diferença! Espero chagar aos 30 sem crises... kkkkkkkkk essa foi piada!!

Bjoks!

Adorável Julia 13 de fevereiro de 2009 11:48  

Faço 22 dia 21/02, mas sei lá, tudo passa tão rápido estou começando a me preocupar com essa coisa de idade.
Mas o bom disso acho que é a gente olhar pra trás e ver tudo o que fez...

Adorável Julia 13 de fevereiro de 2009 11:51  

Ah e quando digo o que fizemos, é realmente aquilo que sentimos, presenciamos, vivemos...eu fico encucada com essa idéia de planejamento, a gente sempre faz planos e planos...Ás vezes não sai como o esperado, mas talvez seja porque logo a diante tenha algo nos esperando...

Jane Murback 13 de fevereiro de 2009 12:02  

Olha Dona Ana Medeiros

Eu me recuso a falar sobre isso, não é porque eu tenho 34 que vou falar que sei o que vc ta passando taaaaaaaaaaa?

Mas ó. Eu sei.

Bjo

PERFUME 13 de fevereiro de 2009 12:08  

Ana, Que lindo! Vc é incrível mesmo! Mas relaxa...é assim com todo mundo...foi assim comigo quando aos trina e poucos sai de Sp e fui para Salvador tentar mudar minha vida porque já estava pirando por aqui...o que consegui? Novos amigos, praia , muita dificuldade no trabalho, como aqui.
Só fui estabilizar quando tinha que estabilizar mesmo...essas crises fazem parte...e seria muito sem graça sem elas!
Hoje aos 45 anos, dou muita risada de tudo que passei...principalmente das psicologas que me recusaram nas entrevistas...kkkkk...se não deu prá vc é porque vc merece coisa muiiito melhor!
Muitos cheiros!!!

Chris 13 de fevereiro de 2009 12:48  

ahuahaiuhaiuhiuahiuahai
Aii isso ta bom demais!! Adorei!! Realmente ainda nao pensei como estarei daqui 30 anos que por acaso sera 29, um quase para o 30! Mas posso dizer que estou melhor do que ontem! hahaha Que entrevistad e emprego malcriada hein!! hahahaha Mas a historia e boa! Nem sabia que tinha essa pergunta em entrevista de emprego, mas agora eu ja sei!! muaaahahaha

bjks

Barbarella 13 de fevereiro de 2009 14:40  

aiiii que medo!!!!
falta 1 ano para os 30....
dizer que tô preparada é mentira..mas também nem tão preocupada...dizem que a melhor idade é entre 30 3 40 né...quem sabe..
Vivo sem fazer planos..não sei fazer isso..nem sei oque vou comer no jantar..quem dirá como estarei daqui 5 anos... acho que assim agente sofre menos...
Adorei seu post!!

13 de fevereiro de 2009 16:11  

Espera ficar na reta final pros 50 e depois me conta a respeito de crises..(pensa bem... m-e-i-o s-é-c-u-l-o!!!)... ou não me conta porque daqui a 20 e alguns eu vou estar com 70.. afffeeeee...

Chorei de rir com este post!!

Siliani 13 de fevereiro de 2009 16:46  

Adoreiiiiiiii...simplismentei adorei essa resposta.Beijos


"Contratada"

rsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

Márcia 13 de fevereiro de 2009 17:28  

ARRASOUUUUUUUU meninaaa!!!
Beijim

Vivian Lemos 13 de fevereiro de 2009 23:36  

Ana

Me diverti lendo o post.
Parece que foi ontem que fiz 30Bom...mais agora que passei dos 30 e hora de olhar para frente, rumo aos 40!!!!!

bju flor

Lenita,  14 de fevereiro de 2009 11:03  

Ana, pelamor, você nem chegou aos 30!! =O
Não vou ficar naquele blá, blá, blá de sempre, mesmo porque todas já disseram tudo nos seus pitacos. De cinco em cinco, treine-se em ver o que "conseguiu". Foi pouco? Mas é conquista sua, seu esforço, sua vida, seus sonhos.
E vamo em frente que atrás vem gente! Bjs

Sabrina Mix 16 de fevereiro de 2009 18:08  

Ai, Aninha!

Aos 10 anos eu não tinha cansado da minha Barbie, não. Aliás, até hoje acho que ainda não me cansei. Ela é mara! hehehe...

Beijos e sucesso!!!

MySpace Backgrounds

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP