sexta-feira, 23 de maio de 2008

Mudando o mundo com uma sacola na mão


Quem acompanha o blog sabe que eu gosto "dessas coisas" que fazem a gente cuidar do meio ambiente.Hoje, andando lá no blog da Joaninha (Ladybug Brasil), vi que ela lançou uma promô da sacolinha de compras da RedeEcoblogs...e agora vamos unir o útil ao agradável!

Fiz uma breve pesquisa do mal que faz a gente usar sacolas plásticas, aquelas que quando vamos ao supermercado temos que colocar uma dentro da outra pra aguentar com uma garrafa de 2 litros (que diga-se de passagem, também deve ser reciclada). Pois é, como se não bastasse ser um pecado usar uma, somos obrigadas a usar duas!

*************************************************************************************
Nesse surto de conscientização, achei dados alarmantes:


"Dados da Fundação Verde (Funverde) apontam o consumo de um milhão de sacos por minuto em todo o mundo, o que significa quase 1,5 bilhão por dia e mais de 500 bilhões por ano. A cada mês, mais de um bilhão de sacos plásticos são distribuídos nos supermercados no Brasil - ou 66 sacos plásticos para cada brasileiro por mês."

*************************************************************************************
O que alguns estados brasileiros estão fazendo para reduzir o uso das sacolas plásticas:

*************************************************************************************
"Brasília - O Paraná é um dos estados onde o governo busca alternativas para as sacolas plásticas distribuídas nos supermercados e quer diminuir em 30% todo resíduo que vai para os aterros sanitários. Hoje, são produzidas no estado 20 mil toneladas de resíduos e cerca 160 milhões de sacolas plásticas por mês, segundo a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Para reduzir esse lixo, o governo estadual adotou medidas como a distribuição gratuita de sacolas oxi-biodegradáveis (que se decompõem em contato com o ar, o calor e a umidade, num prazo de 18 meses) e o diálogo com os donos das redes de supermercados para a conscientização e uso das sacolas (duas redes já aderiram às oxi-biodegradáveis)."

Fonte:Funverde-Fundação Verde

*************************************************************************************
"Belo Horizonte, proíbe uso de sacolas plásticas."

Comércio terá três anos para se adaptar, substituindo sacos tradicionais pelos feitos de material biodegradável - Belo Horizonte é a primeira capital brasileira a impor restrições ao uso das sacolas plásticas tradicionais. O prefeito Fernando Pimentel (PT) sancionou anteontem a lei nº 9.529, que determina a substituição do produto por outro confeccionado com material ecológico. Supermercados, padarias, farmácias e os demais estabelecimentos comerciais da cidade terão um prazo de até três anos para se adaptar à lei. A intenção é minimizar o impacto ambiental causado pelas embalagens plásticas, que hoje representam 9,7% do lixo produzido no país ou o equivalente a 210 mil toneladas.
Matéria de Igor Guimarães, para o jornal O Tempo, MG, 29/02/2008.

*************************************************************************************

"Projeto de lei quer reduzir uso de sacolas plásticas no Rio de Janeiro"

De acordo com o projeto do governador Sergio Cabral, os estabelecimentos comerciais que oferecem sacolas plásticas a seus clientes terão de seis meses a três anos, a partir da data em que a lei entrar em vigor, para passar a disponibilizar uma sacola de material resistente e, portanto, reutilizável.

Outra medida prevista no projeto é a exibição de cartazes nos supermercados do estado com os seguintes dizeres:

"SACOLAS PLÁSTICAS CONVENCIONAIS LEVAM MAIS DE 100 ANOS PARA SE DECOMPOREM NO MEIO AMBIENTE. TRAGA DE CASA A SUA PRÓPRIA SACOLA OU USE SACOLAS REUTILIZÁVEIS."

Os estabelecimentos que não cumprirem a determinação serão obrigados a “comprar” sacolas de seus clientes, seja com vale-compras, permutas de um quilo de arroz ou feijão a cada 50 sacolas entregues. Ou ainda, pagando R$ 0,03 por sacola de qualquer procedência.

Máteria do G1, dia 28/09/2007.

*************************************************************************************

Mas o que são sacolas oxibiodegradáveis que esses estados estão querendo implantar para os estabelecimentos?

"Enquanto uma sacola convencional demora centenas de anos para se decompor - até mais que 500 anos -, a sacola oxi-biodegradável desaparece em aproximadamente 18 meses, depois do descarte.

É significativamente importante que os produtos com tecnologia de oxi-biodegradação não necessitam de um ambiente biologicamente ativo para começar a degradar.

A degradação acontecerá mesmo que o plástico seja descartado indevidamente e abandonado ao ar livre." Funverde.

*************************************************************************************

Mas o que os supermercados estão fazendo atualmente? Encontrei no blog Atitude Verde, do Iberê Thenório,uma pesquisa realizada aqui em Sampa onde ele mostra o triste resultado de grandes supermercados como o Carrefour que não oferece nenhuma alternativa para seus clientes abandonarem o saquinho convencional.

*************************************************************************************

Bem gente, em minha opinião o bom mesmo é a gente usar a sacolinha de pano!!! Além de ser mais charmosa a gente se livra de uma vez de qualquer tipo de plástico né?


...Eu to aqui esperando sair o resultado da promoção e saber se eu ganhei a minha ou se vou comprar,depois vou postar alguns endereços de lugares que vendam as sacolinhas...

5 comentários:

Lucia Freitas 23 de maio de 2008 18:42  

Oi, Ana!
Que post bacana. Vc foi ao centro da questão: é ruim para o meio-ambiente, é ruim para os nossos queridos bolsos (afinal, o custo das sacolas são pagos por nós duplamente, na compra e no resultado ambiental).
Uma das sacolas é tua. Vou entrar em contato por e-mail, fica tranqüila.
bj bj

Lu Brasil 23 de maio de 2008 21:59  

Vou la dar uma olhada.

Silvia 24 de maio de 2008 13:36  

Oiii, achei vc lá na Lúcia.
Um doce seu blog.


Bjsss

denise,  25 de maio de 2008 15:58  

Muito bom, garota!
Vamos espalhar esta idéia. Quem não acatar por amor, acata pela dor (no bolso), hehe.
beijo, menina

funverde,  25 de maio de 2008 21:29  

A FUNVERDE acordou para este problema da plastificação do planeta em 2004, durante o desenvolvimento do PROJETO MATA CILIAR - http://funverde.wordpress.com/fale-conosco/about/ -
que revegeta 1 rio por ano, com árvores nativas de no mínimo 1,5 metro e limpa os rios em que desenvolve o projeto.

Durante a limpeza dos rios percebemos que não adiantava nada ficar limpando os rios, porque a cada chuva, a sujeira retornava, especialmente as sacolas plásticas e PET. Tínhamos que encontrar uma solução para o problema.

Foi aí que criamos dois projetos para resolver definitivamente este problema, o PROJETO SACOLA ECOLÓGICA - http://funverde.wordpress.com/projeto-sacolas-ecologicas/ - que lançou no país o plástico oxi-biodegradável, que ao invés de demorar 500 anos para se degradar, em aproximadamente 18 meses já foi incorporado ao solo, consumido por microorganismos.

O outro projeto lançado simultaneamente foi o PROJETO SACOLA RETORNÁVEL - http://funverde.wordpress.com/projeto-sacolas-retornaveis/ - porque o plástico oxi-biodegradável foi só para chamar a atenção para a gestão de resíduos domésticos, depois que o comerciante inicia o uso do oxi, imediatamente falamos das vantagens da substituição de qualquer tipo de plástico de uso único por sacola de pano.

A principal vantagem, que convence de vez o supermercadista - iniciamos a campanha com os supermercadistas porque são os que mais usam sacolas de uso único - é que ele pode construir uma estrutura física por ano ao deixar de distribuir sacolas plásticas e com isso também deixando de utilizar recursos naturais que devem ser deixados para os que ainda não nasceram.

Conheça nossos outros projetos em www.funverde.org.br

MySpace Backgrounds

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP