sábado, 29 de novembro de 2008

Ainda temos coração...com direito a cachorro dentro!

Estava vendo no SPTV toda a tragédia lá em Santa Catarina. Chorei a reportagem inteira, alternando entre emoção e tristeza. Quando acontece certas coisas percebemos que ainda somos bons, que ainda podemos contar uns com os outros. Ainda temos coração e no final das contas somos todos irmãos.

E as crianças?! Quanta pureza, mesmo no meio de tanta tragédia.Uma menininha dizia que estava sendo divertido, que no abrigo ela tinha crianças por perto pra brincar o tempo inteiro, estava tudo bem.

Falei baixinho..." E os cachorrinhos, quantos não morreram? Quantos não estão desabrigados e perdidos de suas famílias?". Marido com seu ouvido biônico fala..." tanta gente morreu amor e você pensando em cachorrinho..."

Ok, mas o comentário foi sincero, a preocupação pra mim é a mesma, sinto por TODOS, sou assim.

Vocês já sabem como ajudar as pessoas, o tempo todo são dadas informações de onde podemos fazer nossas doações. Mas se você também for uma pessoinha parecida comigo, que também quer ajudar os animais, fica aqui "O" lugar:

Bianca, da ONG Viva Bicho
(47) 8425-1459 | 9903-5441

Para ajudar a ONG com doações em dinheiro:

Banco do Brasil Ag. 1489-3 cc 20793-4
Associação Viva Bicho
CNPJ 06 156 776 / 0001 - 81





Peguei as informações pelo blog Drops da Fal, pessoa muito do bem.


A foto é da minha nêga, a Flicka (a terrorista do sofá).

11 comentários:

Sandra... 29 de novembro de 2008 21:54  

Es verdad que tambièn hay que pensar en los animalitos.. ellos sufren tanto como las personas!
Saludos desde Argentina y ojalà en S.Catarina vuelva todo ràpidamente a la normalidad!

vida cotidiana 29 de novembro de 2008 22:17  

Eu sou como você, toda vez que tem tragédias assim eu penso nos animais também, acho triste as famílias perdem tudo inclusive os animais que amam.bjs

margaret 30 de novembro de 2008 01:15  

eu nem gosto de ver tv esses dias porque fico com o coracao apertado com essas noticias...
sabe que eu tambem penso nos animais e outro dia comentei isso com uma amiga e ela tambem fez a mesma observacao...eu disse pra ela que cachorro tambem é gente...
mudando de assunto, teu post anterior, que vc ta com nojinho... eh um porre quando a gente fica assim neh? eu uso outro termo: to de macaca...acordei de macaca, detesto quando fico de macaca...
quanto to de macaca todo mundo pensa duas vezes antes de falar algo comigo...
mas tu ja saiu do nojinho neh?
beijocas

FabiCatarse!! 30 de novembro de 2008 11:07  
Este comentário foi removido pelo autor.
FabiCatarse!! 30 de novembro de 2008 11:10  

Ana, também fiquei (estou) tristíssima com essa tragédia e logo pensei nos bichinhos...

Achei a sua iniciativa fofa e não resisti... coloquei as informações da Viva Bicho no meu Clara em Neve também, tá?!

Bjok!

Beatriz Levischi 30 de novembro de 2008 11:53  

eu também sou uma capricorniana chorona e lotada de alergias. rs

Lu 30 de novembro de 2008 18:05  

bem lembrado! eu fico andando por aqui vendo as casas destruidas, os rios que invadiram ruas e imaginando aonde foram parar os cachorros! Felizmente temos várias ongs de animais aqui e sei que ela estão agindo nessa hora. Além disso, acredito no amor da maioria dos homens por seus bichinhos, já vi gente sendo resgatada pelo helicoptero com o cachorro debaixo do braço, outro puxando o cachorrinho que tinha caido no barranco que desabou do rio, tem até uma familia com um coelho num dos abrigos... eles serão todos amparados com certeza!

Beijocas e obrigada por divulgar a ong!

Andrea Guim 30 de novembro de 2008 19:02  

Oi, Ana!

Também fico doida pensando nos bichos... Não que não ligue pr'as pessoas, claro que sim, mas bichinho não pode gritar: "Me ajuda aqui, tô preso!!! Ái, tá doendo aqui ou acolá... Fico cheia de dó...
Obs: Se você não fosse de SP pediaria a sua "Nega" em namoro pro meu "Lucky", que é igual a ela, mas de pêlo duro...

Giovana O.,  1 de dezembro de 2008 07:32  

Toda vez que vejo gente que não tem vergonha em mostrar os sentimentos eu tenho um pouco mais de esperança no ser humano. E espero que não tenhamos que passar todos por situações como esta para entender o que diz o poema.Vamos doar já, porque é melhor ajudar que ser ajudado, aos nossos irmãos de duas e de quatro patas.Todos dando um pouquinho vão fazer com pessoas e animais sintam um pouco menos de sofrimento.
Parabéns.

Rê14 5 de dezembro de 2008 15:34  

Oi Ana, eu moro em Itajaí-SC., e senti na pele todo esse drama e tristeza.Como vocês, tambem sinto muito peninha dos animais abandonados. Mas, tem muita gente que pensa como nós, e muitos cãezinhos foram acolhidos. Eu tambem adotei uma cachorrinha que apareceu na porta do serviço da minha filha. Ela ficou com dó e resolvemos levar para casa. Agora é mimada por todos. É muito sapeca, carinhosa e brincalhona!!!

Anginha Medeiros,  15 de dezembro de 2008 17:10  

Aiiiiiiii!!!!
Foi em que eu mais pensei!!! =\

=*** Ana Mana

MySpace Backgrounds

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP