quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Minúsculos...


Ó gente é o seguinte: Adoro ler, amo livros e quero muito ler o "Minúsculos Assassinatos e alguns copos de leite" da Fal Azevedo. Como já li algumas críticas sobre ele, gostei e de quebra a Joaninha tá sorteando um exemplar, estou avisando pra vocês e entrando na promoção porque num sô besta...

Se eu ganhar, ótimo! Caso não, vou comprar mesmo porque já estou me pelando de curiosidade e depois escrevo minhas considerações por aqui.


...O nome da personagem, aliás, é o sopro de uma humanidade marcada por conflitos, diferenças, feridas. Alma desenrola, no presente, em sua casinha, na estância balneária de Bertioga, em São Paulo – em meio aos vários cachorros, inúmeros gatos, os bolos, os mimos do vizinho, Seu Lurdiano, as missivas e correios eletrônicos de uma extensa legião de amigas e amigos (Biuccia, Cláudio, Tela, Binho, Ticcia, Gigio, Rose, entre outras e outros) –, o novelo da sua vida, atravancada em nós trágicos e dolorosos.

Cada capítulo da obra é intitulado com o nome de alguma comida, tempero ou bebida – “Doce de leite”, “Croquete”, “Manjericão”, “Suco de uva”. Paladares que marcam o gosto, na memória, de cada instante vivido com pessoas que forjaram sua história: pai; mãe; a irmã do meio, Violeta; o padrasto, Eliano; a meia-irmã, Ana Beatriz; os avós paternos, Estela e Juan; os maternos, Greta e Max; o ex-marido, Otávio; a única filha, Fernanda. A lembrança é um relicário de sensações muito reais; as cicatrizes são as provas cabais da experiência – “uma vida feita de pequenas omissões e minúsculos assassinatos”. A vida que só Alma sabe viver.

Verdadeiro soco no estômago, o livro de Fal Azevedo é uma grata surpresa na cena literária contemporânea, que emociona sem pieguices. As perdas dos entes mais queridos de Alma levam, invariavelmente, o leitor a reavaliar suas relações familiares e a pensar, com o coração apertadinho, em ligar para o pai, a mãe, os irmãos, os filhos, quem quer que lhe seja especial. Afinal, a morte, essa novidade indesejada, sempre nos pega de surpresa e rouba um pedaço da gente.

10 comentários:

Lucia Freitas 24 de setembro de 2008 00:37  

Alma é mais que um sopro de humanidade. Muito mais. Eu juro, Ana, não consegui escrever uma linha sobre o livro. Não seria justo. Ô trem bão. Estás na parada, linda.
E te deixo uma dica: quando for fazer o link, use o link do post (clique no título com o botao direito). Aí vem um trackback lá no sistema e eu já saberia que você estava dentro.
É por isso (basicamente) que tanta gente usa o wordpress nestes dias.
Obrigada por participar, viu?
bj

Chris 24 de setembro de 2008 09:17  

Minha lista de livros para ler so esta aumentando!! Adorei a dica, e as estrofes tbm!!

Bjussss

Claudia Pimenta 24 de setembro de 2008 09:24  

oi ana! adoro livros!!! este vai p/a wish-list... bjs!!!

Tamy 24 de setembro de 2008 10:34  

vc vai ganhar... certeza!!!

beijos

Cyber_Danity 24 de setembro de 2008 11:22  

Aiii... deu até vontade de ler! Vou correr numa livraria neste fim de semana. Também sou fascinada pelos livros e adoro essas dicas. COnheci seu site há 3 dias e já estou viciada... Beijos e até o próximo post.

Viviany 24 de setembro de 2008 12:12  

Ana , já me emocionei com suas palavras ... hehehe , imagina lendo o livro ... acho que estou na T.P.M. , hehehe. Não vou deixar de ler ... Valeu pela dica !!!
Bjo no coração*

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos 24 de setembro de 2008 17:19  

Ana, o seu blog está cada dia mais fofo!Vamos torcer para você ganhar o livro!
Beijocas

Monica Loureiro 27 de setembro de 2008 09:25  

Menina, por causa da propaganda do livro nos Blogs, acabei conhecendo o BLOG DA FALL, já lí trilhões de posts, chorei, lavei e enxaguei minha alma....

Bom Demais, estou viva !

Lucia Freitas 1 de outubro de 2008 12:44  

Oi, queridona,
Não foi desta vez. Acabei de postar o resultado. Te agradeço por ter participado, viu?
bj

MySpace Backgrounds

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP